Erros de dietas

0

É sempre preciso ficar atento à alimentação e tomar uma série de cuidados com qualquer tipo de dieta e exercícios, a orientação do profissional da área é sempre fundamental para que você não cometa deslizes.

Se você não está acostumado com dieta saudável e com a prática de exercícios regularmente, não comece uma dieta rigorosa de uma hora pra outra, pois terá muitas chances de desistir logo na primeira semana e ficar frustrado, sem atingir o seu objetivo.

A melhor forma para emagrecer é comer 5 a 6 refeições diárias, isso é em média a cada duas ou três horas.

Ficar muito tempo sem comer é um dos principais erros de quem faz regime, um longo período sem se alimentar gera uma ansiedade maior e, por conta disso, quando fizer a próxima refeição, a pessoa vai acabar comendo mais do que comeria normalmente.

Em hipótese alguma se deve deixar de comer qualquer substância por muito tempo. A proteína, por exemplo, fortalece as unhas e os cabelos, e sua falta os torna bastante quebradiços. O carboidrato, por sua vez, ajuda a aumentar a massa muscular, se retirado da alimentação, o organismo passa a buscar outras fontes de energia, atacando o músculo e a gordura.

Não existem alimentos proibidos, mas se você tiver vontade, por exemplo, de chocolates e frituras coma um pouco e lembre-se de fazer exercícios para gastar essas calorias adquiridas.

Muitas pessoas acreditam que comer apenas frutas durante uma refeição é muito mais saudável do que um prato de comida, mas é um erro grave, porque o almoço e o jantar devem ter um valor energético alto e devem ser compostos por diversos alimentos, não se restringindo apenas às frutas.

Comer muito rápido é ruim porque não traz a sensação de satisfação e plenitude gástrica assim que terminada a refeição, existe uma demora de cerca de 20 minutos para o estômago enviar uma mensagem ao cérebro informando que já está satisfeito. Se uma refeição é feita em 10 minutos, não dá nem tempo de informar o cérebro sobre a satisfação alimentar e a pessoa já está com vontade de comer de novo.

O café da manhã é a base energética para o dia, se não for realizado, o corpo deixa de fazer a liberação de glicose adequada e suficiente para o dia todo. Assim como a primeira refeição, quem pula o almoço também prejudica o organismo. O perigo vem à noite, quando compensa todas as refeições no jantar. É um período em que não há gasto de energia e, por isso, pode provocar um aumento de peso e ganho de gordura.

Água é essencial para hidratar o corpo e ajudar no controle da fome. Não beber ou ficar muito tempo sem ingerir e depois tomar vários copos seguidos de uma só vez acaba sendo prejudicial ao organismo, é importante beber água constantemente.

SAIBA MAIS:

Evite excesso de café,
Evite refrigerante e bebidas alcoólicas, além de não alimentar, são ricos em calorias.
Estudos mostram que dormir pouco aumenta a fome e afeta o metabolismo.
Caso você não gastar calorias não tem como emagrecer, por isso faça exercícios.
Se você cometeu um excesso mantenha a calma e volte a dieta, apenas, se policie para que não vire uma prática recorrente.
Por estar tão impaciente, você acaba desistindo no meio do processo, antes mesmo de ver os resultados, que por não aparecerem, mas que não significa que não existem. Você sabia que o corpo demora pelo menos 3 semanas para se adaptar as mudanças?
A refeição é uma hora sagrada, no entanto, as pessoas costumam comer, fazendo várias coisas ao mesmo tempo, como ler jornal e assistir TV. Fazendo isso, você não vai saborear suas refeições, muito menos controlar o que está comendo e suas calorias.
Normalmente não incluímos na dieta, as balinhas, os bombons, os cafezinhos, e isso, ao final do dia, pode contar mais de 200 calorias extras.

Esse é um pequeno apanhado de erros comuns que cometemos em dietas no dia a dia, existem muito mais, sem falar das dietas midiáticas e milagreiras que vemos por ai sem cunho cientifico, por isso é sempre importante ser acompanhado por um especialista da área de Nutrologia.

image_pdfimage_print
Compartilhar

Sobre o autor

Deixar comentário